sexta-feira, 6 de agosto de 2010

The Sugarcubes

The Sugarcubes foi criado em 1986, como brincadeira, por veteranos da cena pós-punk da Islândia. A bricadeira rapidamente tornou-se algo que ninguém em sua terra natal - eles menos que todos - poderia ter imaginado. Seria a primeira banda islandesa a obter reconhecimento internacional e ainda serviria de base para o enorme sucesso de Björk como solista.

O grupo vinha tocando as faixas de Life's Too Good ao vivo ao longo de dois anos na Islândia sem efeito algum. Tudo isso mudou quando "Birthday" foi lançado como single ,em 1987, na Inglaterra. A imprensa britânica desmanchou-se em elogios e subitamente a banda se viu em meio a uma autêntica guerra de ofertas das grandes gravadoras. No entanto, o Sugarcubes recusou todos os contratos - eles tinham um forte desprezo pela indústria musical e as suas entrevistas sempre se caracterizam por um humor cáustico e negro.

O disco foi gravado aos pedaços durante um período de dois anos. Quando finalmente saiu (com capas de cinco cores diferentes), as críticas eram fantásticas, já que realmente era uma estréia impressionante - o novo e energético, soube conjugar melodias lúdicas com grande senso artístico. "Birthday" possui um encanto extraordinário graças à voz notável de Björk, enquanto a inesquecível "Deus" fascinava e hipnotizava ao mesmo tempo. "Coldsweat" e "Sick For Toys" mostravam um lado mais roqueiro e mais sombrio, sendo que esta última música permitia que o guitarrista Thor mostrasse seu estilo vigoroso e cintilante. E de que Einar está reclamando o tempo todo?

É um estranho e maravilhoso álbum, capaz de converter elementos diversos e até contraditórios em uma totalidade forte e convincente.

1988 | LIFE'S TOO GOOD

Traitor
Motorcrash
Birthday
Delicious
Demon
Mama
Coldsweat
Blue Eyed Pop
Deus
Sick For Toys Fucking In Rhythm & Sorrow
Take Some Petrol Darling

DOWNLOAD