sexta-feira, 5 de dezembro de 2014

Muse

Texto: Muse Brasil

Ao contrário do que alguns pensam, não foi um filme pornô que deu origem ao nome atual da banda – Muse. De volta aos meados da carreira, nas primeiras aparições como um aparente trio inglês com intenções não pretensiosas de revolucionar a cena musical britânica, a banda ainda era intitulada como Rocket Baby Dolls, nome que, supostamente, foi influenciado por um filme pornô japonês. Verdade? Vai saber. Essa é uma das muitas versões da origem do nome da banda contadas pelos integrantes, que são, segundo eles, todas falsas. Em 1999, durante uma sessão acústica da qual eles participaram para promover o álbum Showbiz, Matthew disse que os três, depois de uma consulta aleatória ao dicionário, encontraram a palavra Muse e decidiram ficar com o nome. Mas ele ainda complementou dizendo que “Muse” é um título pequeno, que, portanto, seria destacado com facilidade e que chamaria bastante atenção em qualquer cartaz de show. Outros nomes que fizeram parte da prévia jornada do Muse como banda foram Ghotic Plague, Carnal Mayem, Youngblood e Fixed Penalty.

Ainda como Rocket Baby Dolls, Matt, Dom e Chris se inscreveram numa competição musical entre bandas locais – Battle Of The Bands. “Lembro que o primeiro show de verdade que nós fizemos, foi pra uma competição de bandas. Nós éramos a única banda de ‘rock’ inscrita. Todos os demais carregavam um som mais pop, ou até mesmo funk, algo mais dançante“, diz Matt. Mesmo pressentindo a derrota da banda na competição, eles foram em frente e deram o melhor que puderam, aproveitando a vantagem de carregar um rótulo sonoro completamente diferente das outras bandas participantes. “Nós subimos no palco todos maquiados, mostramos a agressividade e violência do nosso som, e quebramos tudo lá em cima! Acabamos vencendo. Honestamente, acho que essa competição fez com que mudássemos alguns de nossos pensamentos, porque nós viemos para perder, esperávamos perder, e, de alguma forma, não estávamos felizes com essa idéia. Nós percebemos que a emoção e o sentimento que você cria e transmite são tão importantes quanto suas habilidades técnicas. Música está ligada à emoção“, Matthew complementa.

Muse se formou como banda em uma cidade chamada Teighmouth, localizada em Devon, Inglaterra, mas, na verdade, os três integrantes e suas respectivas famílias vieram de lugares diferentes: Matthew veio de Cambridge, Dominic veio de Stockport e Chris, de Rotherham. Os três se mudaram para Teignmouth quando começaram a vida no ensino fundamental. Segundo eles, Teignmouth não era uma das melhores cidades para se viver: “Os únicos momentos em que o lugar apresentava um sinal de vida eram na temporada de férias, quando os londrinos o visitavam em turismo. Mas, assim que o verão acabasse, todos os turistas iam embora, deixando a cidade no mesmo estado decadente e entediante de sempre. Eu me sentia totalmente preso lá. Meus amigos estavam todos preocupados em usar drogas ou fazer música, e, diante das duas opções, me identifiquei com a segunda e decidi aprender a tocar. A música acabou virando um escape, uma forma de expressão, e, se eu não tivesse formado a banda, teria escolhido as drogas, como os outros“, diz Matthew.

A primeira música que Matt, Dom e Chris compuseram, totalmente inspirada na cidade de Teignmouth, recebeu o nome de Small Minded. Matt disse em 2000: “A música falava das atitudes das pessoas na nossa cidade. Atitudes as quais não aprovávamos“. Dom complementou: “Nós estávamos cansados de beber cidra e apanhar dos marmanjos“.

A primeira turnê de verdade do Muse aconteceu em Maio de 1999: Steve Lamacq’s Radio 1 Evening Session Tour. Tocaram com a banda britânica 3 Colours Red e com a californiana, formada apenas por garotas, The Donnas. Matt disse: “Foi a primeira vez que nos deram um ônibus de turnê. Antes disso eram apenas shows arranjados de uma noite no máximo… Em lugares como Tumbridge Wells ou Hastings“.

A banda se formou em 1994 e lançou seu primeiro CD, Showbiz, somente em 1999. O álbum foi bem recebido pelos críticos, e os singles Muscle Museum e Unintended tiveram algum sucesso dentro e fora do Reino Unido. Em 2000, quando ainda buscavam seu espaço, tocaram no festival Ilha do Ermal, em Portugal, onde foram muito bem recebidos. Desde então, a banda tem uma dívida de reconhecimento com o país. Um ano depois, lançaram o segundo CD, Origin Of Symmetry, que teve sucesso estrondoso. Muse passou a ter em projeção mundial, chegando mesmo a lugares onde eles ainda não se apresentaram, como a América Latina, tendo seus clipes exibidos em canais de TV locais. Foi nessa época que Muse teve seu primeiro clipe exibido no Brasil. Sunburn foi apresentada por Fernando Massari, em seu antigo programa na MTV Brasil, Lado B. Em 2002, lançaram o DVD Hullabaloo – Live at Le Zenith, resultado de um show gravado em Paris. Lançaram também um CD duplo, com parte do concerto e uma coleção de b-sides.

Em setembro de 2003, saiu o seu terceiro álbum, intitulado Absolution. O CD foi número 1 no Reino Unido, e os singles Time Is Running Out (#8/UK) e Hysteria (#17/UK) foram sucessos imediatos, entrando para as paradas da maioria dos canais de música e rádios. Por causa desse lançamento, a banda começou a conquistar um maior público cativo na América do Norte, coisa que efetivamente não havia sido alcançada até então. Na turnê deste disco, Muse foi a principal atração do Glastonbury, fechando com chave de ouro um dos maiores festivais de música do Reino Unido. Infelizmente, nessa mesma noite, morreu o pai do baterista Dominic, William Howard.

Seu mais recente disco, Black Holes and Revelations, foi lançado em julho de 2006, e, assim como seu antecessor, estreou na primeira colocação nas paradas britânicas. O primeiro single foi Supermassive Black Hole, que entrou no top 5 do Reino Unido e incomodou muitos fãs da banda. A música foi lançada alguns meses antes do álbum, quando havia todo um mistério em torno das novas canções. Quando ela, que é algo como um pop dançante alienígena, saiu, o choque foi praticamente unânime. Efeito este passageiro, porque Supermassive Black Hole se tornou um dos singles mais bem sucedidos do Muse. O segundo single, Starlight, também obteve muito sucesso.

Black Holes And Revelations foi o disco mais bem recebido pelos críticos até então, e elevou ainda mais o status do Muse como uma das maiores bandas de rock, agora, não só da Inglaterra, mas de toda Europa. O álbum figurou no top 10 de melhores álbuns do ano de diversas revistas especializadas em crítica musical européias, como a NME, onde ficou em terceiro lugar. Tamanho sucesso também os levou à indicações e a diversos prêmios, como o de melhor banda ao vivo pelo NME Awards. Como se isso tudo não fosse o bastante, Muse também se tornou a primeira banda a fazer um concerto com os ingressos esgotados no recém reinagurado estádio de Wembley, em Londres, em junho de 2007; shows estes que foram gravados e lançados posteriormente em CD/DVD, com o nome HAARP, em 2008.

Em julho/agosto de 2008, Muse realizou o sonho dos fãs brasileiros de vê-los em ação ao vivo. Com as três apresentações que aconteceram nas cidades do Rio de Janeiro, São Paulo e Brasília, a banda marcou de forma especial e histórica a sua passagem pelo nosso país – cujos detalhes vocês podem conferir na sessão “Muse no Brasil”.

No dia 14 de Setembro de 2009, Muse lançou seu quinto álbum de estúdio, entitulado “The Resistance”. O disco encorpora vários estilos musicais diferentes e influências claras de grandes artistas como Queen, Chopin, U2 etc. A música marcante deste cd é a sinfonia Exogenesis, obra de arte clássica do Muse, rotulada como “Monstro Sinfônico” pela banda antes mesmo do lançamento oficial. The resistance alcançou o primeiro lugar nas vendas de cds em 20 países, recebeu elogios de artistas consagrados, e foi o centro das atenções nas revistas e rádios Européias e Americanas. Os primeiros shows da banda depois do lançamento do The Reistance aconteceram nos dias 04/09 e 05/09, em Teignmouth, na Inglaterra. Shows muito especiais tanto para os integrantes, que tiveram a oportunidade de voltar à terra natal depois de anos, quanto para os fãs. Muse já tem várias datas de shows marcadas para os EUA, Reino Unido e Europa em 2009 e 2010.

1998 | MUSE EP

01 | Overdue
02 | Cave
03 | Coma
04 | Escape

DOWNLOAD

1999 | MUSCLE MUSEUM EP

01 | Muscle Museum
02 | Sober
03 | Uno
04 | Unintended
05 | Instant Messenger
06 | (Muscle Museum)#2

DOWNLOAD

1999 | SHOWBIZ

01 | Sunburn
02 | Muscle Museum
03 | Fillip
04 | Falling Down
05 | Cave
06 | Showbiz
07 | Unintended
08 | Uno
09 | Sober
10 | Escape
11 | Overdue
12 | Hate This & I'll Love You

DOWNLOAD

2000 | RANDOM 1-8 EP

01 | Host
02 | Coma
03 | Pink Ego Box
04 | Forced In
05 | Agitated
06 | Yes Please
07 | Fillip (Live)
08 | Do We Need This (Live)

DOWNLOAD

2002 | HULLABALOO SOUNDTRACK

CD 1 | Soundtrack
01 | Forced In
02 | Shrinking Universe
03 | Recess
04 | Yes Please
05 | Map of Your Head
06 | Nature_1
07 | Shine Acoustic
08 | Ashamed
09 | The Gallery
10 | Hyper Chondriac Music

CD 2 | Live
01 | Dead Star
02 | Micro Cuts
03 | Citizen Erased
04 | Showbiz
05 | Megalomania
06 | Darkshines
07 | Screenager (piano)
08 | Space Dementia
09 | In Your World
10 | Muscle Museum
11 | Agitated

DOWNLOAD

2003 | ABSOLUTION

01 | Intro
02 | Apocalypse Please
03 | Time Is Running Out
04 | Sing for Absolution
05 | Stockholm Syndrome
06 | Falling Away With You
07 | Interlude
08 | Hysteria
09 | Blackout
10 | Butterflies and Hurricanes
11 | The Small Print
12 | Endlessly
13 | Thoughts of a Dying Atheist
14 | Ruled by Secrecy

DOWNLOAD

2006 | BLACK HOLES & REVELATIONS

01 | Take A Bow
02 | Starlight
03 | Supermassive Black Hole
04 | Map Of The Problematique
05 | Soldier's Poem
06 | Invincible
07 | Assassin
08 | Exopolitics
09 | City Of Delusion
10 | Hoodoo
11 | Knights Of Cydonia

DOWNLOAD

2008 | HAARP

01 | Intro
02 | Knights Of Cydonia
03 | Hysteria
04 | Supermassive Black Hole
05 | Map Of The Problematique
06 | Butterflies
07 | Invincible
08 | Starlight
09 | Time Is Running Out
10 | New Born
11 | Unintended
12 | Microcuts
13 | Stockholm Syndrome
14 | Take A Bow

DOWNLOAD

2009 | THE RESISTANCE

01 | Uprising
02 | Resistance
03 | Undisclosed Desires
04 | United States Of Eurasia (+Collateral Damage)
05 | Guiding Light
06 | Unnatural Selection
07 | MK Ultra
08 | I Belong To You (+Mon Coeur S'Ouvre A Ta Voix)
09 | Exogenesis: Symphony Part 1 (Overture)
10 | Exogenesis: Symphony Part 2 (Cross-pollination)
11 | Exogenesis: Symphony Part 3 (Redemption)

DOWNLOAD

2012 | THE 2ND LAW

01 | Supremacy
02 | Madness
03 | Panic Station
04 | Prelude
05 | Survival
06 | Follow Me
07 | Animals
08 | Explorers
09 | Big Freeze
10 | Save Me
11 | Liquid State
12 | The 2nd Law: Unsustainable
13 | The 2nd Law: Isolated System

DOWNLOAD