quinta-feira, 25 de setembro de 2014

The Many Faces of Pink Folyd | A Journey Through The Inner World of Pink Floyd


THE MANY FACES OF PINK FOLYD
A Journey Through The Inner World Of Pink Floyd


CD1 | THE DARK SIDE OF THE MOON REVISITED

Speak To Me / Breathe | Adrian Belew (King Crimson) & Alan White (Yes)
On The Run | Larry Fast (Peter Gabriel) & Alan White (Yes)
Time | Robbie Krieger (The Doors) & Garry Green (Gentle Giant)
The Great Gig In The Sky | Rick Wakeman (Yes) & Steve Howe (Yes)
Money | Edgar Winter, Bill Bruford (King Crimson) & Tony Levin (King Crimson)
Us And Them | Dweezuk Zappa & John Wetton (King Crimson)
Any Colour You Like | Robben Ford, Steve Porcaro (Toto) & Aynsley Dunbar (Frank Zappa)
Brain Damage | Geoff Downes (Asia) & Robbie Krieger (The Doors)
Eclipse | Peter Banks (Yes), Tony Kaye (Yes) & John Wetton (Asia)

CD2 | THE WALL AND OTHER CLASSICS

In The Flesh? | Adrian Belew (King Crimson) & Keith Emerson (Elp)
The Thin Ice | Ian Anderson (Jethro Tull)
Another Brick In The Wall (Part 1) | Steve Morse (Deep Purple)
Another Brick In The Wall (Part 2) | Fee Waybill (The Tubes)
Mother | John Wetton (King Crimson/asia)
Goodbye Blue Sky | Steve Howe (Yes/asia)
Young Lust | Glenn Hughes (Deep Purple) & Elliot Easton (The Cars)
Hey You | Tommy Shaw (Styx) & Steve Lukater (Toto)
Comfortably Numb | Chris Squire (Yes) & Alan White (Yes/john Lennon)
Run Like Hell | Dweezil Zappa & Keith Emerson (Elp)
Shine On You, Crazy Diamond | Steve Lukater (Toto)
Welcome To The Machine | Derek Sherinian (Dream Theater)
Set The Controls To The Heart Of The Sun | Psychic Tv
Careful With That Axe, Eugene | Nik Turner (Hawkwind)

CD3 | ROOTS, VERSIONS AND RELATIVES

Good Question | Snowy White
Celestine | Banco De Gaia Feat Dick Parry
Love For Living | Clare Torry
See Emily Play | The Chemistry Set
Birds Of Paradise | Snowy White
Arnold Layne | Ss-20
The Music Attracts Me | Clare Torry
Who Was It? | Hurricane Smith
Oh Babe, What Would You Say? | Hurricane Smith
Year Of The Cat | Al Stewart
Scream Thy Last Scream | The Green Telescope
The Boll Weevil | Pink Anderson
Runaway Man Blues | Floyd Council

Pink Floyd Interview | Norman “Hurricane” Smith Talks About His Recording Sessions With Pink Floyd

DOWNLOAD
Pt. I | Pt. II | Pt. III

segunda-feira, 22 de setembro de 2014

The O'Jays | Collection 1969-2013

The O’Jays foram um grupo representante do chamado “soul da Filadélfia” (Philadelphia soul) nos anos 70, originalmente composta por Walter Williams, Bill Isles, Bobby Massey, William Powell e Eddie Levert. Eles formaram a banda na cidade de Canton, Ohio em 1958 na época em que cursavam o ensino médio.

Originalmente conhecidos como The Triumphs, posteriormente mudando o nome para The Mascots, a primeira gravação do grupo foi Miraclesem 1961, que teve um pequeno sucesso na região de Cleveland. O nome “The O’Jays” é um tributo ao disc-jóquei Eddie O’Jay.

O grupo – que atualmente é um quarteto, após a saída de Isles – teve como primeiro grande sucesso a música I’ll Be Sweeter Tomorrow (Than I Was Today). Apesar do sucesso, cogitaram deixar a música, até que os famosos produtores Kenneth Gamble e Leon Huff tiveram interesse por eles. Com Gamble e Huff, os O’Jays emergiram como pioneiros do Philadelphia soul com as músicas Back Stabbers e Love Train, em 1972. Durante o resto da década, continuaram a lançar músicas que alcançaram os primeiros lugares, incluindo For the Love of Money, Let Me Make Love to You, Give the People What They Want, e o sucesso disco’ I Love Music. Powell morreu de câncer em 1977.

Depois da entrada de Sammy Strain, os O’Jays continuaram a gravar, porém com sucesso muito limitado. Em 1978 tiveram algum êxito com Use Ta Be My Girl, e também nas paradas de R&B em 1987, com a música Lovin’ You.

A canção For The Love of Money ficou conhecida como tema de abertura do reality show The Apprentice (O Aprendiz), tanto em sua versão americana, comandada pelo empresário Donald Trump, quanto em várias versões internacionais, especialmente a versão brasileira, comandada pelo publicitário Roberto Justus (entre 2004 e 2009) e pelo empresário João Dória Júnior (a partir de 2010).

THE O'JAYS COLLECTION

1969 | The O'Jays in Philadelphia | Remastered 2013
1972 | Back Stabbers | Reissue 2013
1973 | Ship Ahoy | Expanded & Remastered 2013
1973 | Live in London | Remastered 1999
1975 | Family Reunion | Reissue 1988
1975 | Survival
1976 | Message in the Music | Reissue 1998
1977 | Collectors' Items
1977 | Travelin' at the Speed of Thought | Reissue 1998
1979 | Identify Yourself | Reissue 1993
1979 | So Full of Love
1980 | The Year 2000 | Reissue 1999
1982 | My Favorite Person | Reissue 1999
1983 | When Will I See You Again
1984 | Greatest Hits
1984 | Love And More
1985 | Love Fever | Reissue 1992
1987 | Let Me Touch You | Reissue 2006
1989 | Serious
1991 | Emotionally Yours
1994 | Love Train: The Best Of The O'Jays
1997 | Love You To Tears
1998 | The Very Best Of (1972-84)
2001 | The Ultimate O'Jays
2001 | For the Love...
2003 | Anthology
2004 | Imagination
2008 | Playlist: The Very Best of the O'Jays
2008 | The Essential O'Jays

DOWNLOAD

quinta-feira, 18 de setembro de 2014

Aniversário 9 anos | Blog Lágrima Psicodélica



:: TARANTINO EXPERIENCE ::

Urge Overkill | Girl, You'll Be a Woman Soon
The Hurricanes | Out of Limits
Geater Davis | Sad Shades of Blue
Joe Cocker | Woman to Woman
Billie Jo Spears | Fever
Chris Farlowe | Paint It Black
Screaming Lord Sutch | Murder in the Graveyard
Duane Eddy | Rebel Rouser
Dick Dale and His Del-Tones | Misirlou
Classics IV | Spooky

The Meters | Look-Ka-Py-Py
Wilson Pickett | Something You Got
The Grass Roots | Midnight Confessions
John Fred & His Playboy Band | Judy in Disguise
Richard Twang & His Cadillacs | Apache
Al Green | Let's Stay Together
Clarence Carter | Backstabbers
The Surfaris | Wipe Out
The Kingsmen | Louie Louie
John Lee Hooker | Boom Boom

Cowboy Junkies | Sweet Jane
Duane Eddy | Cannonball
The Clovers | Love Potion N° 9
Eddie Hoidges | I'm Gonna Knock On Your Door
Lynn Anderson | Stand By Your Man
Howlin' Wolf | Somedody In My Home
Joe Tex | I Gotcha
Billy Preston | Billy's Bag
Aaron Neville | Hercules
Richard Berry | Doin'it

The Ventures | Walk Don'r Run
Guy Mitchell | Singing The Blues
The Meteors | Johnny Remember Me
Louis Jordan | Choo Choo Ch'boogie
Fuzztones | Ward 81
The Surf Coronados | Pipeline
The Polecats | John, I'm Only Dancing
Wanda Jackson | Mystery Train
The Ladybug Transistor | Always on the Telephone
Santa Esmeralda | Don't Let Me Be Misunderstood

DOWNLOAD

Baixe a coleção completa no post do mano Cacá | AQUI

Buddy Guy & Junior Wells


Em 1965, Eric Clapton era Deus na Inglaterra, tocando guitarra no Yardbirds. Naquele ano, assistindo a um show do guitarrista Buddy Guy, ele teve a ideia de criar um trio de blues pesado. Formou então o Cream, precursor da cena hard rock e heavy metal das décadas seguintes. “Buddy Guy foi para mim o que Elvis foi para os outros’’, disse certa vez.

Em 1970, Clapton entrou em um estúdio na Flórida para produzir um disco de seu ídolo, que acabara uma longa turnê dividindo o palco com o gaitista Junior Wells, abrindo shows dos Stones. As gravações conturbadas (Clapton brigou com os outros produtores, Tom Dowd e Ahmet Ertegun) geraram um álbum genial, que é lançado agora no Brasil com CD extra.

Quem escuta as poderosas faixas de Buddy Guy & Junior Wells Play the Blues, uma verdadeira cartilha de como se toca o gênero, não imagina o caminho tortuoso até a edição final. Clapton deixou só oito faixas acabadas. Para o lançamento do disco, em 1972, duas canções foram incluídas a partir de uma sessão de gravações de Buddy Guy com a roqueira J. Geils Band. A nova edição do disco traz um belo encarte e mais 13 faixas extraídas do material gravado com Clapton.

Guy e Wells formam a melhor representação do “blues de Chicago’’, uma cena que influenciou gerações de bluesmen e, principalmente, músicos de rock, de Jimmy Page a Jack White.

Junior Wells nasceu em 1934 e morreu em 1998, deixando o som de sua harmônica em mais de 80 álbuns. Ele despontou aos 19 anos, substituindo Little Walter na banda da lenda Muddy Waters. No início dos anos 60, começou a parceria com Buddy Guy. Diz a lenda do blues que os dois teriam dividido o palco em mais de 300 shows. Guy nasceu em 1936 e hoje assiste a shows de rock da garotada sabendo que não existiriam sem sua essencial contribuição na ponte entre rock branco e blues negro.

A guitarra de Guy, lânguida, sensual até, percorre de forma hipnótica as faixas de Buddy Guy & Junior Wells Play the Blues. Ela dá corpo às canções, enquanto a harmônica de Wells incendeia um clima de celebração. Eles dividem os vocais. O tom de Guy é mais grave e se presta melhor às letras típicas do blues: mulheres que atiçam os caras para depois largá-los e muito bourbon para que eles as esqueçam.

Se é possível destacar faixas num disco tão impactante, que sejam My Baby She Left Me (She Left Me a Mule to Ride), em que Wells paga tributo à gravação de 1941 de seu mestre, Sonny Boy Williamson, ou Last Night, com o som arrepiante de Clapton na slide guitar. De vez em quando, algum crítico classifica o álbum como a mais refinada gravação de blues elétrico. É verdade.

Por | LUÍS BISSIGO


Personnel:

Buddy Guy (vocals, guitar)
Junior Wells (vocals, harmonica)
J. Geils (guitar)
Eric Clapton (guitar, bottleneck guitar)
Magic Dick (harmonica)
A.C. Reed (tenor saxophone)
Dr. John, Mike Utley, Seth Justman (piano)
Carl Radle, Leroy Stewart, Danny Klein (bass)
Roosevelt Shaw, Jim Gordon, Stephen Bladd (drums)

1972 | BUDDY GUY & JUNIOR WELLS
PLAY THE BLUES


A Man Of Many Words
My Baby She Left Me (She Left Me A Mule To Ride)
Come On In This House / Have Mercy Baby
T-Bone Shuffle
Poor Man's Plea
Messin' With The Kid
This Old fool
I Don't Know
Bad Bad Whiskey
Honeydripper

DOWNLOAD