quarta-feira, 7 de fevereiro de 2018

The New York Dolls


Bem-humorada, a simples imagem que ocupa a capa do primeiro álbum do New York Dolls resume não apenas o trabalho proposto pelo grupo norte-americano em 1973, mas também as principais marcas e exageros típicos do Glam Rock. Salto alto, perucas e batom.

Antecipando uma série de conceitos do Punk Rock, o registro produzido pelo veterano Todd Rundgren sustenta no uso de guitarras rápidas e versos pegajosos a base para uma das peças mais icônicas da década de 1970. Em meio a temas urbanos, delírios adolescentes e sexualidade detalhada, David Johansen e Johnny Thunders, principais compositores da banda, transformaram faixas como Looking for a Kiss e Trash em um retrato cômico, ainda que realista, da Nova York de 1970.

Incapaz de atingir o grande público e interpretada como uma piada (sem graça) por parte da imprensa estadunidense, o banda levaria tempo conquistar o devido reconhecimento.

Queridinho de artistas como Morryssey, o New York Dolls serviria de base para o trabalho de bandas como Ramones e Kiss, sendo o principal esboço de Malcolm McLaren durante a “montagem” do Sex Pistols.

Texto | Miojo Indie

1973 | THE NEW YORK DOLLS

01. Personality Crisis
02. Looking for a Kiss
03. Vietnamese Baby
04. Lonely Planet Boy
05. Frankenstein
06. Trash
07. Bad Girl
08. Subway Train
09. Pills
10. Private World
11. Jet Boy

DOWNLOAD

Nenhum comentário: