terça-feira, 19 de fevereiro de 2019

Cabine C


Uma joia rara do Post Punk nacional. Adorado pelos darks de ontem, pelos góticos de hoje e pelos mais atentos apreciadores do Post Punk brasileiro, o Cabine C é considerado um dos grandes nomes do chamado "dark nacional" e, na minha humilde opinião, um dos pioneiros do Gótico Sul-Americano.

Ciro Pessoa - o criador do Cabine C - foi um também um dos fundadores do Titãs, grupo no qual permaneceu até momentos antes de seu primeiro lançamento oficial, em 1984. São dele algumas composições clássicas do grupo, como Sonífera Ilha e Homem Primata. Ciro decidiu sair do Titãs pois não gostava dos rumos "Tropicalistas" e "Reggae" que a banda estava seguindo. Sua intenção era criar um grupo mais "Rock".

A formação inicial contava com a esposa de Ciro, Wania Forghieri (teclados), Edgard Scandurra (guitarra), Charles Gavin (bateria) e Ricardo Gaspa (baixo), que havia substituído Sandra Coutinho - que passaria a se dedicar unicamente ao grupo Mercenárias. Essa formação chegou a gravar uma demotape, apresentando uma sonoridade Post Punk mas com fortes acentos Pop. É um item raríssimo, com faixas nunca lançadas oficialmente como "O Lado Bom da Bomba", "Inundação de Amor" (depois regravada pelo Ira) e "Fim de Serafim" (poema musicado de Oswald de Andrade). Com músicos de reconhecido talento, o grupo fez alguns shows considerados inesquecíveis em São Paulo, ganhando certa notoriedade no circuito alternativo.

O problema era que Scandurra também tocava no Ira, uma banda que estava explodindo no cenário comercial. Sendo assim, provavelmente sofrendo alguma pressão, ele abandonou a "aventura underground" do Cabine C. Gaspa também saiu do grupo, também convidado a tocar no Ira. E Charles foi pro Titãs.

Após esse baque, o Cabine C ficou um bom tempo inativo, buscando uma reformulação. Mas após um longo hiato, a banda renasceu das cinzas com sua formação definitiva: Ciro Pessoa (voz e guitarra), Wania Forghieri (teclados) e as novas integrantes Anna Ruth (baixo) e Marinella 7 (bateria). E o Post Punk do grupo assumiu de vez sua identidade: Sombrio, em algum lugar entre o desespero e a delicadeza.

Ciro se inspirava em poetas como Edgar Allan Poe, Baudelaire e Arthur Rimbaud, para produzir uma poesia existencialista e desoladora, flertando com um certo niilismo. A sonoridade do grupo remetia a nomes como Siouxsie & The Banshees, X-Mal Deutschland, Cocteau Twins e a Coldwave francesa, mas com uma alma própria. Esses ingredientes, é claro, agradaram em cheio os darks da época e a banda logo ganhou essa "tag" - que, como tantos outros, procuraram evitar.

Não demorou e o grupo ganhou muitos admiradores, tornando-se um dos favoritos dos porões paulistanos. Dessa forma, surgiu o convite da recém criada gravadora RPM Discos (idealizada pelo popular grupo RPM) para finalmente lançar um álbum do Cabine C. Refletindo sobre a tensão de entrar no circuito comercial, Ciro disse para a Bizz: "Vamos ser jogados aos leões, não sabemos se vamos domá-los ou ser comidos".

O nome do grupo (que remetia a cabine de um navio) e a variedade das canções, que pareciam aportar em vários locais, deram até um ar temático ao álbum. "(O disco) percorre um roteiro. Passa pelo Oriente Médio na música que dá título ao LP; Buenos Aires no tango Lapso de Tempo; ou Japão através de Jardim das Gueixas." - disse Ciro Pessoa para a Bizz. Do outro lado, haviam as fortes referências literárias presentes em todo repertório (Edgar Allan Poe e sobretudo a literatura existencialista), resultando em uma obra marcante.


O disco abre com Pânico e Solidão, inspirada no livro "As aventuras de Arthur Gordon Pym", de Edgar Allan Poe. A letra, que também pode ser interpretada como uma metáfora da inevitável decadência humana, é um resumo do espírito do disco e combina perfeitamente com a melodia rasgante e fúnebre.
Em seguida, a minimalista Lapso de Tempo - influenciada pela marcação rítmica do Tango - segue a viagem rumo ao abismo, não perdoa e evoca o memento mori: "O tempo está passando".
Na sufocante Anos, em algum lugar entre X-Mal Deutschland e a Coldwave, sob gritos e ruídos, Ciro, Wania e Anna repetem uma unica frase, a atemporal e inevitável reflexão: "O que eu tenho feito todos esses anos?".

O clima desesperador dá uma trégua com a suave e paradisíaca Jardim das Gueixas. Essa faixa conta com a participação de Akira S (Akira S & As Garotas que Erraram) no Stick, um estranho instrumento de cordas tocado por ambas as mãos. O timbre misterioso confere um clima oriental onírico à canção e quase chega a soar como o Shamisen (espécie de bandolim típico japonês).
O lado A do álbum fecha com a faixa instrumental A Queda do Solar de Usher, baseada no conto homônimo de Edgar Allan Poe. Teclados lúgubres, guitarras ecoantes e a voz lírica de Marinella enaltecem o clima fantasmagórico do som.

O Lado B do disco abre com a potente Lágrimas, uma cativante e enigmática canção de amor. Na sequência, a instrumental Opus 2, transbordando melancolia em um ritmo cadenciado.
A impecável Tão Perto, é tão contagiante que se torna impossível não cantar junto alguns trechos desse relato ambíguo sobre o amor e a vida. Enérgica e dançante é também presença constante nas pistas que conseguem manter um olhar vivo sobre a produção dark nacional. Um dos destaques do álbum, foi também a unica que conseguiu um relançamento. Em 2005, foi remasterizada para a coletânea inglesa de Post-Punk: “The Sexual Life of the Savages”.

A quase valsa Soldadas, é a canção mais crítica do álbum. Mas vai além de um discurso antibélico. Afinal: "A gerra somos nós dois / A guerra são eles três / A guerra está no falar / A guerra não se acaba". Já a existencialista Neste Deserto - outro grande destaque - tem um clima desolador que nos remete a uma viagem solitária em paisagens áridas. Aqui, a sonoridade Coldwave e gótica é levada aos últimos limites, casando com a poesia inspiradamente niilista de Ciro: "Sei que te amo / Mas isso é pouco / Pode ser tudo / Mas tudo é nada". Pois é, nem o amor salva na dura viagem do Cabine C. E o encerramento primoroso se dá com o instrumental delicioso de Fósforos de Oxford, de sabor árabe e lembrando momentos de Dead Can Dance.

O álbum, no geral, foi muito bem recebido pela crítica. O Post Punk sombrio e melancólico do grupo agradava principalmente porque soava autentico e se diferenciava das outras bandas do mercado.

O fato é que o disco não vendeu como o esperado. Cerca de oito mil cópias foram vendidas, pouco para o alto investimento da incipiente gravadora que alçava vôos mais altos. Mas é importante observar que essas marcas foram alcançadas sem uma distribuição eficaz e sem nenhum esquema de divulgação, em um dos casos mais emblemáticos da industria fonográfica brasileira. A RPM Discos foi a falência logo apos essa presepada, gerando uma longa disputa judicial entre seus representantes e Ciro. Esse estresse acabou afetando o Cabine C, que também devido conflitos internos, começou a se desfazer. Marinella e Anna Ruth, deixaram o grupo. Dois argentinos chegaram a substituí-las por um tempo e Ciro se esforçava para lançar algum material novo. Quatro novas músicas chegaram a ser gravadas: "Acidentes", "Sábio Chinês", "Cotonetes Desconexos" e "Nossas Cabeças são Nossos Erros". Mas o segundo disco nunca saiu do papel.

Em uma entrevista, Ciro desabafou: "A verdade é que foi ficando cada vez mais difícil fazer shows, sobreviver. Tudo se concentrava no Rio de Janeiro e lá se você não é do samba você é estrangeiro. E como a cultura carioca dominava (domina) a cidade de São Paulo, nem aqui éramos considerados brasileiros. Fomos nos cansando desta história ridícula, limitada e preconceituosa que é a música no Brasil e nossa resistência no underground foi chegando ao fim."

Com o fim do Cabine C, Ciro ainda se viu envolto em problemas com drogas, o que o fez se afastar da música por um tempo. Manteve carreira de escritor, escrevendo em diversas revistas e, anos mais tarde, seguiu carreira solo, onde tem dois álbum lançados: "No meio da chuva eu grito Help" (2003) e "Em Dia com a Rebeldia" (2010), ambos distantes da sonoridade do Cabine C, mas bons álbuns de Rock em meio ao marasmo musical da música comercial brasileira.

Texto retirado do blog | Goth Songs

1986 | FÓSFOROS DE OXFORD

01. Pânico e Solidão
02. Lapso de Tempo
03. Anos
04. Jardim das Gueixas
05. A queda do Solar de Usher
06. Lágrimas
07. Opus 2
08. Tão perto
09. Soldadas
10. Neste Deserto
11. Fósforos de Oxford

DOWNLOAD

sábado, 16 de fevereiro de 2019

As Mercenárias


As Mercenárias é um grupo de punk rock brasileiro que surgiu no início dos anos 80, com as integrantes Sandra Coutinho (baixo), Rosália (vocal) e Ana Machado (guitarra) e a adição de Edgard Scandurra, sendo que este sairia tempos depois dando lugar a baterista Lou. O grupo tem influências de bandas inglesas como Siouxsie and the Banshees, Joy Division, The Slits e Sex Pistols. Depois de um hiato musical (resultado de sua dispensa da gravadora EMI sem aviso prévio), o grupo está na ativa, com a integrante da formação original Sandra Coutinho mais as novas integrantes Silvia Tape (guitarra e back vocal) e Michelle Abu (bateria e back vocal).

Em 1982, na cidade de São Paulo, as então estudantes Sandra Coutinho (baixo), Rosália (vocal) e Ana Machado (guitarra) resolveram formar o grupo, entrando na onda do punk que estava gerando bandas reconhecidas no estado, como Inocentes e Ratos de Porão. Edgard Scandurra foi o primeiro baterista do grupo, mas por conta das diversas bandas que tocava (como o Smack e o futuro Ultraje a Rigor e Ira!), ele saiu e no seu lugar entrou a baterista Lou. Em 1986 foi lançado, após muita insistência, o primeiro LP do grupo, Cadê as Armas?. O disco foi bem recebido na época e a fama do grupo começava a crescer, tendo algumas apresentações gravadas para programas de TV (numa dessas apresentações, no programa Fábrica do Som da TV Cultura, está Scandurra, tocando com o grupo as músicas "Polícia" e "Me Perco"). O debut foi lançado pela loja Baratos Afins, velha conhecida da cena punk paulista e que já tinha outros materiais lançados na época. Faixas como "Me Perco" e "Polícia" são os destaques do álbum, além da faixa "Pânico", que deu origem ao único videoclipe da banda.

A partir do primeiro álbum, as Mercenárias começam a chamar a atenção de grandes gravadoras, que estavam interessados na música e na presença de palco delas. Por isso, em 1988, foi gravado o segundo álbum do grupo, Trashland, lançado pela EMI. O disco foi um sucesso de público e de crítica, sendo eleito inclusive como o "álbum do ano" pela Revista Bizz. No entanto, a gravadora não fez a divulgação necessária e, para piorar, dispensou o grupo por meio de um telegrama, não dando muitas explicações para tal ato. Logo depois, a banda estava acabada. Rosália, Ana e Lou abandonaram a carreira musical e Sandra resolve morar em Berlim, trabalhando na cena alternativa local.

Em 2005, Sandra Coutinho volta ao Brasil depois de anos morando na Alemanha e decide remontar o grupo junto com a vocalista Rosália, incluindo duas novas integrantes: Geórgia Branco e Pitchu Ferraz. No mesmo ano, é lançado no exterior o CD O Começo do Fim do Mundo (Beginning of the End of the World: Brasilian Post-Punk 1982-85), coletânea com músicas dos dois discos da banda[2]. Pouco tempo depois Rosália sai do grupo, com Sandra assumindo os vocais. Em 2012, em comemoração as 30 anos do grupo, é feito um show no Centro Cultural da Juventude - CCJ com a participação dos músicos Edgard Scandurra, Naná Rizzini, Karina Buhr, Maria Alcina, Clemente Nascimento (Inocentes) e Michelle Abur[3]. Segundo Sandra, há planos para um lançamento para um novo disco com a nova formação. Em 2015, é lançado, internacionalmente, em vinil, a primeira demo tape da banda, pela Nada Nada discos e Dama da Noite.

Texto | Wikipédia

1986 | CADÊ AS ARMAS?

01. Me Perco Nesse Tempo
02. Policia
03. Imagem
04. Inimigo
05. Pânico
06. Amor Inimigo
07. Loucos Sentimentos
08. Labirintos
09. Alem Acima
10. Santa Igreja
11. Lembranças
12. HáDez Anos Passados
13. Somos Milhões

DOWNLOAD

1988 | TRASHLAND

01. Lembranças
02. Há Dez Anos Passados
03. Somos Milhões
04. Tempo Sem História
05. Ação na Cidade
06. Matinê
07. Mesmas Leis
08. Cadê as Armas?
09. Provérbios do Inferno
10. Kyrie
11. Angelus
12. Trashland

DOWNLOAD

2005 | O COMEÇO DO FIM DO MUNDO

01. Me Perco
02. Policia
03. Imagem
04. Inimigo
05. Pânico
06. Amor Inimigo
07. Loucos Sentimentos
08. Labirintos
09. Além Acima
10. Santa Igreja
11. Lembranças
12. Há Dez Anos Passados
13. Somos Milhões
14. Ação na Cidade
15. Kyrie
16. Trashland
17. Honra
18. Nada de
19. Dá Dó
20. Oh Oh

DOWNLOAD

20115 | DEMO 1983 7"

01. Mercenárias
02. Trashland
03. Meus Pais
04. Polícia
05. Honra
06. Dá Dó
07. Vietinã
08. Ó

DOWNLOAD

quarta-feira, 13 de fevereiro de 2019

The Jesus and Mary Chain


The Jesus and Mary Chain é uma banda de rock alternativo da Escócia, cujas músicas eram compostas pela dupla de irmãos Jim Reid e William Reid, formada em 1984 e que voltou aos palcos em 2007, após uma pausa de oito anos.

Ficaram conhecidos por unir melodias inspiradas no rock dos anos 60 (The Velvet Underground, Beach Boys, The Who) ao som sujo e distorcido criado com pedais e amplificadores. Os shows ao vivo eram notórios pela indiferença da banda em relação à plateia. Jim Reid chegava a tocar de costas para o público e alguns shows duravam apenas dez minutos. No fim dos anos 80, a Universidade Politécnica de Londres foi palco de uma revolta do público contra a banda. Os pagantes destruíram o auditório da Universidade, em uma onda de violência que expôs os irmãos Reid aos holofotes da mídia especializada.

A banda serviu de inspiração para o shoegaze, apesar de eles próprios não fazerem parte do gênero.

Em 1999, após uma série de brigas, os irmãos Jim e William Reid anunciariam o fim do Jesus and Mary Chain.

Mas em abril de 2007 a dupla se reuniu novamente no festival Coachella, Califórnia. Após um breve show de pré-estreia na quinta-feira (26), em Pomona, também na Califórnia, os irmãos Reid tocaram por cerca de uma hora no deserto de Índio. Foram uma das atrações da noite de abertura do festival, que também trouxe de volta aos palcos as bandas Happy Mondays e Rage Against the Machine. Em uma performance aclamada pelo público e pela crítica, Jim e William surpreenderam positivamente tocando as principais canções da carreira e até uma faixa inédita. A execução da música "Just Like Honey" contou com a participação especial da atriz Scarlett Johanson nos vocais de apoio. A canção foi tema do filme "Encontros e Desencontros", dirigido por Sophia Coppola e protagonizado por Scarlett.

Texto | Wikipédia

1985 | PSYCHOCANDY (Deluxe Edition 2011)

CD 1

01. Just Like Honey
02. The Living End
03. Taste The Floor
04. The Hardest Walk
05. Cut Dead
06. In A Hole
07. Taste Of Cindy
08. Never Understand
09. Inside Me
10. Sowing Seeds
11. My Little Underground
12. You Trip Me Up
13. Something’s Wrong
14. It’s So Hard
B-Sides
15. Suck
16. Ambition
17. Just Out Of Reach
18. Boyfriend’s Dead
19. Head
20. Cracked

CD 2

Upside Down Single
01. Upside Down
02. Vegetable Man
BBC Radio Sessions
03. In A Hole
04. You Trip Me Up
05. Never Understand
06. Taste The Floor
07. The Living End
08. Inside Me
09. Just Like Honey
10. Some Candy Talking
11. Psychocandy
12. You Trip Me Up
13. Cut Dead
Demos
14. Up Too High
15. Upside Down
16. Never Understand
17. Taste The Floor
18. In A Hole
19. Something’s Wrong
20. Just Like Honey
21. The Living End
22. My Little Underground
Outtakes
23. Never Understand (Alternate version)
24. Jesus Fuck

DOWNLOAD

1987 | DARKLANDS (Deluxe Edition 2011)

CD 1

01. Darklands
02. Deep One Perfect Morning
03. Happy When It Rains
04. Down On Me
05. Nine Million Rainy Days
06. April Skies
07. Fall
08. Cherry Came Too
09. On The Wall
10. About You
Some Candy Talkind EP
11. Some Candy Talking
12. Taste Of Cindy (acoustic version)
13. Psychocandy
14. Hit
BBC Radio Sessions
15. Darklands
16. Down On Me
17. Deep One Perfect Morning
18. Fall
19. In The Rain
20. Happy Place

CD 2

B-Sides
01. Kill Surf City
02. Bo Diddley Is Jesus
03. Who Do You Love
04. Everything’s Alright When You’re Down
05. Shake
06. Happy When It Rains (demo)
07. Happy Place
08. F.Hole
09. Rider
10. On The Wall (Portastudio demo)
11. Surfin’ USA (April outtake)
12. Here It Comes Again
Outtakes
13. Walk And Crawl
14. Some Candy Talking (NME version)
15. Mushroom
16. The Hardest Walk (soundtrack version)
17. Don’t Ever Change
18. Swing
19. Darklands (with strings)
20. Interview (Janice Long)

DOWNLOAD

1988 | BARBED WIRE KISSES

01. Kill Surf City
02. Head
03. Rider
04. Hit
05. Don't Ever Change
06. Just Out Of Reach
07. Happy Place
08. Psycho Candy
09. Sidewalking
10. Who Do You Love
11. Surfin' USA
12. Everything's Alright When You're Down
13. Upside Down
14. Taste Of Cindy
15. Swing
16. On The Wall
17. Cracked
18. Here It Comes Again
19. Mushroom (Live)
20. Bo Diddley Is Jesus

DOWNLOAD

1989 | AUTOMATIC (Deluxe Edition 2011)

CD 1

01. Here Comes Alice
02. Coast To Coast
03. Blues From A Gun
04. Between Planets
05. UV Ray
06. Her Way Of Praying
07. Head On
08. Take It
09. Halfway To Crazy
10. Gimme Hell
11. Drop
12. Sunray
Sidewalking Single
13. Sidewalking (Extended Version)
14. Sidewalking
15. Sidewalking (Chilled To The Bone Mix)
16. Taste Of Cindy (Live in Detroit)
17. April Skies (Live in Detroit)

CD 2

Surfin’ USA Promo 12”
01. Surfin’ USA (Summer Mix)
B-Sides
02. Shimmer
03. Penetration
04. Break Me Down
05. Subway
06. In The Black
07. Terminal Beach
08. Deviant Slice
09. I’m Glad I Never
10. Drop (Acoustic Remix)
Radio Sessions (John Peel)
11. Sidewalking
12. Coast To Coast
13. Take It
14. My Girl
15. Far Gone And Out
16. Silverblade
17. Here Comes Alice
Outtakes
18. Coast To Coast (Alternate – William Vox)
19. Just Out Of Reach (88 version)
20. Radio Ad
21. Nine Million Rainy Days (Live in Detroit)

DOWNLOAD

1992 | HONEY'S DEAD (Deluxe Edition 2011)

CD 1

01. Reverence
02. Teenage Lust
03. Far Gone And Out
04. Almost Gold
05. Sugar Ray
06. Tumbledown
07. Catchfire
08. Good For My Soul
09. Rollercoaster
10. I Can’t Get Enough
11. Sundown
12. Frequency
Rollercoaster EP
13. Rollercoaster
14. SIlverblade
15. Lowlife
16. Tower Of Song
Remixes
17. Far Gone And Out (Arc Weld Mix)
18. Teenage Lust (Desdemoana Mix)
19. Reverence (Radio Mix)

CD 2

B-Sides
01. Heat
02. Guitarman
03. Why’d You Want Me
04. Sometimes
05. Teenage Lust(Acoustic Version)
06. Reverberation (Doubt)
07. Don’t Come Down
Outtake
08. Why’d You Want Me(Alternate Version)
Live At Sheffield Arena 28th March 1992
09. Catchfire
10. Blues From A Gun
11. Head On
12. Reverence
13. Far Gone And Out
14. Halfway To Crazy
15. Frequency
16. Sidewalking
Interviews
17. Mark Goodier – Honey’s Dead
18. Tommy Vance – Lollapalooza

DOWNLOAD

1993 | THE SOUND OF SPEED

01. Snakedriver
02. Reverence (Radio Mix)
03. Heat
04. Teenage Lust (Acoustic Version)
05. Why'd You Want Me
06. Don't Come Down
07. Guitarman
08. Something I Can't Have
09. Sometimes
10. Write Record Release Blues
11. Shimmer
12. Penetration
13. My Girl
14. Tower Of Song
15. Little Red Rooster
16. Break Me Down
17. Lowlife
18. Deviant Slice
19. Reverberation
20. Sidewalking (Extended Version)

DOWNLOAD

1994 | STONED & DETHRONED (Deluxe Edition 2011)

CD 1

01. Dirty Water
02. Bullet Lovers
03. Sometimes Always
04. Come On
05. Between Us
06. Hole
07. Never Saw It Coming
08. She
09. Wish I Could
10. Save Me
11. Till It Shines
12. God Help Me
13. Girlfriend
14. Everybody I Know
15. You’ve Been A Friend
16. These Days
17. Feeling Lucky
Sound Of Speed EP
18. Snakedriver
19. Something I Can’t Have
20. Write Record Release Blues
21. Little Red Rooster
BBC Radio Sessions
22. Come On
23. God Help Me (William Vocal)
24. Everybody I Know
25. The Perfect Crime
Outtakes
26. Till I Found You
27. Dirty Water (Demo – William Vocal)
28. God Help Me (Alternate Vocal Take)

CD 2

B-Sides
01. The Perfect Crime
02. Little Stars
03. Drop (Re-recorded)
04. I’m In With The Out Crowd
05. New York City
06. Taking It Away
07. Ghost Of A Smile
08. Alphabet Street
09. New Kind Of Kick
10. Come On
Live At The Trinity Centre Bristol, 19th April 1995
11. Reverence
12. Snakedriver
13. Come On
14. Happy When It Rains
15. Teenage Lust
16. The Perfect Crime
17. Everybody I Know
18. Girlfriend
19. Hole
20. Head On
21. Sugar Ray
22. I Hate Rock’n’Roll
Interview
23. Jim & William talk to Steve Lamacq about Stoned & Dethroned

DOWNLOAD

1995 | HATE ROCK'N' ROLL

01. I Hate Rock 'n' Roll
02. Snakedriver
03. Something I Can't Have
04. Bleed Me
05. 33 1/3
06. Lost Star
07. Penetration
08. New York City
09. Taking It Away
10. I'm in With the Out Crowd
11. Little Stars
12. Teenage Lust (Desdemoana Mix)
13. The Perfect Crime

DOWNLOAD

1998 | MUNKI (Deluxe Edition 2011)

CD 1

01. I Love Rock’n’Roll
02. Birthday
03. Stardust Remedy
04. Fizzy
05. Mo Tucker
06. Perfume
07. Virtually Unreal
08. Degenerate
09. Cracking Up
10. Commercial
11. Supertramp
12. Never Understood
13. I Can’t Find The Time For Times
14. Man On The Moon
15. Black
16. Dream Lover
17. I Hate Rock’n’Roll

CD 2

Outtake
01. 45 RPM
B-Sides
02. Bleed Me
03. 33 1/3
04. Lost Star
05. Hide Myself
06. Rocket
07. Easylife, Easylove
08. 40,000K
09. Nineteen666
BBC Radio Sessions
10. Reverence
11. I Love Rock’n’Roll
12. Degenerate
13. Mo Tucker
Live At The Electric Ballroom, London, 27th April 1998
14. Snakedriver
15. Cracking Up
16. Happy When It Rains
17. Stardust Remedy
18. Head On
19. Sugar Ray
20. Dream Lover
21. Supertramp
22. Virtually Unreal

DOWNLOAD

2000 | THE COMPLETE JOHN PEEL SESSIONS

01. In A Hole
02. You Trip Me Up
03. Never Understand
04. Taste The Floor
05. The Living End
06. Inside Me
07. Just Like Honey
08. Some Candy Talking
09. Psycho Candy
10. You Trip Me Up
11. Cut Dead
12. Fall
13. In The Rain
14. Happy Place
15. Sidewalking
16. Coast To Coast
17. Take It
18. My Girl
19. Far Gone And Out
20. Silverblade
21. Here Comes Alice

DOWNLOAD

2002 | 21 SINGLES 1984-1998

01. Upside Down
02. Never Understand
03. You Trip Me Up
04. Just Like Honey
05. Some Candy Talking
06. April Skies
07. Happy When It Rains
08. Darklands
09. Sidewalking
10. Blues From A Gun
11. Head On
12. Rollercoaster
13. Reverence
14. Far Gone And Out
15. Almost Gold
16. Snakedriver
17. Sometimes Always
18. Come On
19. I Hate Rock N Roll
20. Cracking Up
21. I Love Rock N Roll

DOWNLOAD

2007 | SBSR (Loures, Portugal)

01. Intro
02. Never Understand
03. Head On
04. Far Gone and Out
05. Catch Fire
06. Sidewalking
07. Snakedriver
08. New Song
09. Happy When It Rains
10. Some Candy Talking
11. Between Planets
12. Blues From A Gun
13. Cracking Up
14. New Song
15. Teenage Lust
16. Just Like Honey
17. Vegetable Man
18. You Trip Me Up
19. Reverence

DOWNLOAD

2008 | THE POWER OF NEGATIVE THINKING
(B-Sides & Rarities)


CD 1

01. Up Too High (Demo '83)
02. Upside Down
03. Vegetable Man
04. Suck
05. Ambition
06. Just Out Of Reach
07. Boyfriend's Dead
08. Head
09. Just Like Honey (Demo Oct. '84)
10. Cracked
11. Taste Of Cindy (Acoustic Version)
12. The Hardest Walk
13. Never Understand (Alternate)
14. My Little Underground (Demo)
15. The Living End (Demo)
16. Some Candy Talking
17. Psychocandy
18. Hit
19. Cut Dead (Acoustic)
20. You Trip Me Up (Acoustic)
21. Walk And Crawl

CD 2

01. Kill Surf City
02. Bo Diddley Is Jesus
03. Who Do You Love
04. Everything's Alright When You're Down
05. Shake
06. Happy When It Rains (Demo)
07. Happy Place
08. F.Hole
09. Rider
10. On The Wall (Porta Studio Demo)
11. Surfin' USA (April Out-Take)
12. Here It Comes Again
13. Don't Ever Change
14. Swing
15. Sidewalking
16. Surfin' USA (Summer Mix)
17. Shimmer
18. Penetration
19. Break Me Down
20. Subway
21. My Girl

CD 3

01. In The Black
02. Terminal Beach
03. Deviant Slice
04. I'm Glad I Never
05. Drop (Acoustic Re-Mix)
06. Rollercoaster
07. Silverblade
08. Lowlife
09. Tower Of Song
10. Heat
11. Guitarman
12. Why'd You Want Me
13. Sometimes
14. Teenage Lust (Acoustic Version)
15. Reverberation (Doubt)
16. Don't Come Down
17. Snakedriver
18. Something I Can't Have
19. Write Record Release Blues
20. Little Red Rooster

CD 4

01. The Perfect Crime
02. Little Stars
03. Drop-Re-Recorded
04. I'm In With The Out Crowd
05. New York City
06. Taking It Away
07. Ghost Of A Smile
08. Alphabet Street
09. Coast To Coast (Alternate-William Vox)
10. Dirty Water (Demo-William Vox)
11. Till I Found You
12. Bleed Me
13. 33 1/3
14. Lost Star
15. Hide Myself
16. Rocket
17. Easylife, Easylove
18. 40,000k
19. Nineteen666

DOWNLOAD

2017 | DAMAGE AND JOY

01. Amputation
02. War On Peace
03. All Things Pass
04. Always Sad
05. Song For A Secret
06. The Two Of Us
07. Los Feliz (Blues And Greens)
08. Mood Rider
09. Presidici (Et Chapaquiditch)
10. Get On Home
11. Facing Up To The Facts
12. Simian Split
13. Black And Blues
14. Can’t Stop The Rock

DOWNLOAD

domingo, 10 de fevereiro de 2019

O.V. Wright


O. V. Wright (1939-1980) foi um cantor norte-americano, considerado um dos mais importantes artistas do chamado "Southern Soul" (Soul do Sul), com alguns êxitos musicais, mas destacando-se pela sua intensidade, originalidade e peculiaridade, o que distingue os grandes artistas.

Morreu em 1980, com problemas de coração, causados por uso continuado de drogas, que fragilizaram a sua saúde terrivelmente, com apenas 41 anos de idade, deixando no entanto um legado impressionante, infelizmente pouco conhecido e divulgado.

Acaba atualmente por ser reutilizado por muitos produtores da cena soul e hip-hop, assim como alguns "diggers", devido à sua incendiária inspiração, numa voz tão clássica quanto o sul dos Estados Unidos.

Texto | Miguel Costa

1973 | MEMPHIS UNLIMITED

01. I've Been Searching
02. Nothing Comes To A Sleeper
03. The Only Thing That Saved Me
04. He's My Son (Just The Same)
05. You Must Believe In Yourself
06. Lost In The Shuffle
07. I'd Rather Be Blind, Crippled And Crazy
08. Please Forgive Me
09. Are You Going Where I'm Coming From
10. Ghetto Child
11. Memory Blues
12. I'm Going Home (To Live With God)

DOWNLOAD

quinta-feira, 7 de fevereiro de 2019

The Plasmatics


The Plasmatics foram uma banda de punk rock americana. A banda foi um grupo controvertido conhecido para demonstrações vivas e selvagens que quebraram interdições inúmeras como a parte de um assalto na cultura popular americana. Sua vocalista, Wendy O. Williams, foi responsável por introduzir o corte de cabelo estilo Moicano na cena punk rock americana.

"Coup d'Etat" e as sessões no estúdio "Electric Ladyland" (1982-1983)

Na primavera de 1982, um acordo foi firmado com a Capitol Records. Dan Hartman ofereceu a eles a produção do demo de um álbum (ao lado de Rod Swenson), no famoso Electric Lady Studios, o antigo estúdio de Jimi Hendrix em Nova York. O álbum todo foi arranjado, gravado e mixado dentro de uma semana. Dieter Dierks, que havia trabalhado anteriormente com o Scorpions, também demonstrou interesse em produzir esse material.

Coup d'Etat foi um álbum de sucesso que começou a misturar elementos do punk rock com o metal, uma coisa que, posteriormente, no fim dos anos 80, acabou sendo copiada por bandas como S.O.D., Anthrax e Cro-Mags. Wendy também acabou adquirindo um estilo único de cantar. Ela forçava tanto a sua voz na hora de cantar, que acabou fazendo tratamentos para evitar danos permanentes em suas cordas vocais. Tudo ocorreu em Colônia, na Alemanha, pois era ali que o álbum estava sendo gravado.

Os demos, produzidos por Dan Hartman, foram lançados 20 anos depois, sob o nome de Coup de Grace. A versão mais cru do álbum Coup d'Etat, que levou menos de um décimo de tempo para ser feito, e também apenas uma fração do orçamento, é louvada por muitos fãs por ser a verdadeira versão do álbum.

O videoclipe de "The Damned", que Rod Swenson produziu e dirigiu, trazia Wendy dirigindo um ônibus escolar e colidindo-o contra uma pirâmide de televisões.

Quando a turnê começou, estava claro que a Capitol Records estava começando a deixar o grupo de lado para dar mais atenção a novas bandas, como Duran Duran (em parte, pois essas novas bandas poderiam vender dez vezes mais). Pouco tempo após o lançamento do álbum, a Capitol Records demitiu os Plasmatics.

Texto | Wikipédia

1982 | COUP D'ETAT

01. Put Your Love in Me
02. Stop
03. Rock 'N' Roll
04. Lightning Breaks
05. No Class
06. Mistress in Taboo
07. Country Fairs
08. Path of Glory
09. Just Like on T.V.
10. The Damned

DOWNLOAD

segunda-feira, 4 de fevereiro de 2019

Stanley Jordan

Stanley Jordan é um guitarrista e pianista americano de jazz/jazz fusion. Aclamado como um dos guitarristas que fizeram grandes contribuições técnicas e musicais para o instrumento, principalmente na técnica de tapping, Stanley Jordan já se consolidou no Hall dos músicos mais significativos de sua área. Possui, também, bacharelado em composição de musica digital pela Universidade de Princeton.

Stanley Jordan iniciou sua carreira musical aos 6 anos de idade estudando piano.Porém, aos onze anos, iniciou os estudos de guitarra, seu principal instrumento até hoje. Mais tarde, começou a tocar em grupos de rock e soul. Em 1976, recebeu um prêmio no Reno Jazz Festival, Nevada. Se apresentou, também, em muitos outros festivais, entre eles: Kool Jazz Festival (1984), Concord Jazz Festival (1985), e também no Montreux International Jazz Festival (1985). Durante a década de 1980 se apresentou juntamente a Quincy Jones, Michal Urbaniak, e Richie Cole.

A carreira de Stanley Jordan tem fatos tão pitorescos quanto sua técnica. Mesmo formado em teoria musical e composição da Universidade de Princeton, ele escolheu viver a experiência de músico de rua, tocando em Nova York, Filadélfia e várias cidades no Meio Oeste e no Sul do Estados Unidos. A opção, ao contrário de outros casos, deu-lhe notoriedade. Afinal, os comentários davam conta de "um guitarrista incrível que tocava por alguns cents".

Atraído pela novidade, o executivo Bruce Lundvall, então no selo Elektra Music, o procurou para uma audição e, impressionado, convidou o artista para gravar. Stanley Jordan recusou - acreditava que não estava pronto e queria se dedicar à música com a mesma intensidade com que se dedicava à família.

Um ano e meio depois, Lundvall - já na recém-reativada Blue Note Records - voltou à carga e Stanley Jordan se tornou, então, o primeiro artista da nova fase do lendário selo. O álbum que se seguiu, Magic Touch (1985), foi primeiro lugar no quadro de jazz da revista Billboard por 51 semanas e rendeu a Stanley Jordan duas indicações para o Grammy e Disco de Ouro certificado nos EUA e Japão.

Oferecendo uma síntese inteligente e sensível de estilos de jazz, Magic Touch tocou fundo o público em geral. Sua versão de "The Lady in My Life", de Michael Jackson, é considerada um padrão definitivo para o gênero conhecido como jazz contemporâneo.

Em 1990, ele lançou o álbum Cornucopia. Extremamente aplaudido e também indicado para o Grammy, Cornucopia não deixou nenhuma dúvida: Stanley Jordan continuava a crescer musicalmente. Jordan, em seguida, se mudou para a gravadora Arista e, em 1994, lançou Bolero. O disco inclui uma versão groove-orientada de Bolero de Ravel.

Na atual fase, que inclui o Brasil como roteiro obrigatório de turnês, Stanley Jordan tem feito seguidas apresentações com uma banda formada por músicos brasileiros do mais alto calibre. Com Ivan "Mamão" Conti na bateria, integrante do lendário grupo Azymuth, e o talentoso baixista mineiro Dudu Lima no baixo acústico, elétrico de 4, 5 e 6 cordas e fretless, o guitarrista alcançou um entrosamento e uma química quase mágicas.

Interpretando clássicos da música brasileira e da bossa nova, além dos standards do jazz e músicas próprias, o trio acabou desenvolvendo um trabalho de altíssima qualidade que já foi comprovado em mais de 40 shows no País, o que resultou em sessões de gravação que podem render um trabalho futuro já bastante aguardado.

Texto | Wikipédia

2008 | STATE OF NATURE

01. A Place in Space
02. All Blues
03. Forest Garden
04. Insensatez
05. Mozart's Piano Concerto #21 (Andante in F Major)
06. Song for My Father
07. Mind Games #1
08. Ocean Breeze
09. Healing Waves
10. Mind Games #2
11. Shadow Dance
12. Mind Games #3
13. Prayer for the Sea
14. Steppin' Out

DOWNLOAD

sexta-feira, 1 de fevereiro de 2019

Curtis Mayfield


Curtis Lee Mayfield (Chicago, 3 de Junho de 1942 - Roswell, 26 de Dezembro de 1999) foi um músico estadunidense. Foi considerado o 34º melhor guitarrista de todos os tempos pela revista norte-americana Rolling Stone.

Ele se tornou famoso no começo da década de 1960 como compositor e vocalista do grupo The Impressions. Na década de 1970, seguiu uma bem sucedida carreira solo e se consagraria como um dos músicos mais influentes de sua época. Seu álbum mais importante é "Superfly", de 1972, trilha sonora do filme homônimo.

Multi-instrumentalista, ele tocava guitarra elétrica, baixo, piano, saxofone e bateria. Além de ter sido um dos grandes mestres da soul e do funk dos Estados Unidos (ao lado de nomes como Al Green, Isaac Hayes, Marvin Gaye e Stevie Wonder), Mayfield é também lembrado como um dos pioneiros das músicas de consciência sócio-políticas do movimento negro em seu país.

Curtis começou a cantar aos sete anos de idade, e a carreira profissional se iniciaria em 1957, quando formou o grupo vocal de rhythm and blues "Alpha Tones". Um ano depois, ele integraria a banda The Impressions - junto aos músicos Jerry Butler, Arthur Brooks, Richard Brooks e Sam Gooden. Os Impressions ajudaram a definir o que seria conhecido como Soul de Chicago - já que a banda era dessa cidade, que rivaliza com os grupos do selo Motown, de Detroit.

Entre alguns sucessos nas paradas dos Estados Unidos, estão "For Your Precious Love" e "He Will Break Your Heart" (1958), "Gypsy Woman" (1961), "It's All Right" (1963), "I’m So Proud", "Keep on Pushing" e "Amen" (1964) e "People Get Ready" (1965) - que seria regravada na década de 1980 por Jeff Beck e Rod Stewart) - "This is My Country" (1966), "We’re a Winner" (1968) e "Mighty Mighty Spade & Whitey" (1969).

Em 1970, Curtis partiu para carreira solo em projetos musicais. Naquela época Mayfield compôs suas famosas letra,s em que expunha alguns dos problemas vivenciados pelos negros dos guetos estadunidenses, como o crime e as drogas. Estes são alguns dos temas de Super Fly, filme do gênero blaxploitation, cuja trilha sonora foi composta por ele. Este era o auge da carreira do cantor. O álbum "Superfly" vendeu mais de um milhão de cópias e recebeu quatro indicações ao Grammy à época. Dentre os sucessos deste álbum estão as clássicas "Superfly" e "Freddie's Dead" - da qual o grupo de rap brasileiro Racionais MCs retirou alguns samples.

"(Don't Worry) If There's A Hell Below We're All Going To Go'", "Move On Up"', "Do Do Wap Is Strong In Her", "Future Shock" e "Homeless" são outros exemplos de canções engajadas do cantor.


Além de compositor respeitado, Mayfield foi também produtor de álbuns, como da cantora Aretha Franklin, e de outras trilhas de sucessos, como a do filme Claudine (1974), interpretada pelo grupo Gladys Knight & the Pips, e Let's Do It Again (1975), com o grupo gospel Staple Singers.

No final da década, Curtis se aproximou da disco music, que marcaria o início do declínio de seu sucesso e prestígio.

Em 14 de agosto de 1990, Mayfield sofreu um grave acidente durante uma apresentação no Brooklyn (Nova York). Um poste de luz caiu sobre ele, deixando-o tetraplégico.

Em 1994, o cantor foi homenageado com um tributo, do qual participaram artistas como Aretha Franklin, Bruce Springsteen, Elton John, Eric Clapton, Gladys Knight, Isley Brothers e Whitney Houston. No ano seguinte, receberia um Grammy pelo conjunto da obra.

Mesmo tetraplégico, Curtis gravaria em 1996 seu último álbum, "New World Order" - que incluía uma regravação de "We People Who Are Darker Than Blue", lançada originalmente no primeiro disco solo de cantor. "New World Order" recebeu três indicações para o Grammy. Ainda naquele ano, por seu trabalho solo, Mayfield seria admitido pela segunda vez no Rock and Roll Hall of Fame - a primeira tinha sido em 1991, mas como membro dos Impressions.

Em fevereiro de 1998, em virtude de sua diabetes, o cantor teve sua perna direita amputada. Curtis Mayfiled morreu em 26 de dezembro de 1999, de complicações decorrentes de diabetes.

Texto | Wikipédia

1992 | THE ANTHOLOGY 1961-1977
(Curtis Mayfield & The Impressions)


CD 1 | THE IMPRESSIONS (on ABC)

01. Gypsy Woman
02. Grow Closer Together
03. Never Let Me Go
04. Little Young Lover
05. Minstrel And Queen
06. I'm The One Who Loves You
07. Sad Sad Girl And Boy
08. It's All Right
09. Talking About My Baby
10. I'm So Proud
11. Keep On Pushing
12. You Must Believe Me
13. See The Real Me
14. Amen
15. I've Been Trying
16. People Get Ready
17. It's Hard To Believe
18. Woman's Got Soul
19. Meeting Over Yonder
20. I Need You
21. You've Been Cheatin'
22. Man Oh Man
23. Can't Satisfy
24. We're A Winner
25. I Loved And I Lost
26. We're Rolling On (Part One)

CD 2 | THE IMPRESSIONS (on CURTOM)

01. Fool For You
02. This Is My Country
03. Choice Of Colors
04. Check Out Your Mind
05. Move On Up

CURTIS MAYFIELD (Solo)

06. (Don't Worry) If There's A Hell Below, We're All Going To Go
07. The Makings Of You
08. Beautiful Brother Of Mine
09. Freddie's Dead
10. Superfly
11. Pusherman
12. So In Love
13. Only You Babe (single edit)
14. Do Do Wap Is Strong In Here (single edit)

DOWNLOAD

1970 | CURTIS!
(Remastered 2000)


01. (Don’t Worry) If There Is A Hell Below, We’re All Going To Go
02. The Other Side Of Town
03. The Makings Of You
04. We The People Who Are Darker Than Blue
05. Move On Up (Extended Version)
06. Miss Black America
07. Wild And Free
08. Give It Up
09. Power To The People (Demo Version)
10. Underground (Demo Version)
11. Ghetto Child (Demo Version)
12. Readings In Astrology (Demo Version)
13. Suffer (Demo Version)
14. Miss Black America (Demo Version)
15. The Makings Of You (Take 32)
16. (Don’t Worry) If There Is A Hell Below, We’re All Going To Go (Backing Tracks, Takes 1 & 2)
17. (Don’t Worry) If There Is A Hell Below, We’re All Going To Go (Radio edit)

DOWNLOAD

1971 | ROOTS

01. Get Down
02. Keep On Keeping Up
03. Underground )
04. We Got to Have Peace
05. Beautiful Brother of Mine
06. Now You're Gone
07. Love to Keep You in My Mind


DOWNLOAD

1971 | CURTIS LIVE!

01. Mighty Mighty (Spade And Whitey)
02. Rap
03. I Plan To Stay A Believer
04. We're A Winner
05. Rap
06. We've Only Just Begun
07. People Get Ready
08. Rap
09. Stare And Stare
10. Check Out Your Mind
11. Gypsy Woman
12. The Makings Of You
13. Rap
14. We The People Who Are Darker Than Blue
15. (Don't Worry) If There's A Hell Below, We're All Gonna Go
16. Stone Junkie

DOWNLOAD

1972 | SUPERFLY
(Deluxe 25th Anniversary Collection 1997)


CD 1 | ORIGINAL ALBUM

01. Little Child Runnin' Wild
02. Pusherman
03. Freddie's Dead
04. Junkie Chase (Instrumental)
05. Give Me Your Love (Love Song)
06. Eddie You Should Know Better
07. No Thing On Me (Cocaine Song)
08. Think (Instrumental)
09. Superfly

CD 2 | ADDITIONAL TRACKS & ALTERNATE VERSIONS

01. Ghetto Child (Little Child Runnin' Wild Demo)
02. Pusherman (Alt. Mix With Horns)
03. Freddie's Dead (Instrumental)
04. Junkie Chase (Full Length Instrumental)
05. Militant March
06. Eddie You Should Know Better (Instrumental)
07. No Thing On Me (Cocaine Song) (Instrumental)
08. Superfly (Single Mix)
09. Freddie's Dead (Single Mix)
10. Radio Spot #1
11. The Underground (Demo)
12. Check Out Your Mind
13. Radio Spot #2

DOWNLOAD

1973 | BACK TO THE WORLD

01. Back To The World
02. Future Shock
03. Right On For The Darkness
04. Future Song (Love A Good Woman, Love A Good Man)
05. If I Were Only A Child Again
06. Can't Say Nothin'
07. Keep On Trippin'


DOWNLOAD

1973 | CURTIS IN CHICAGO

01. Superfly
02. For Your Precious Love
03. I'm So Proud
04. Once In My Life
05. Preacher Man
06. If I Were Only A Child Again
07. Duke Of Earl
08. Love Oh Love
09. Amen

DOWNLOAD

1974 | GOT TO FIND AWAY

01. Love Me (Right In The Pocket)
02. So You Don't Love Me
03. A Prayer
04. Mother's Son
05. Cannot Find A Way
06. Ain't No Love Lost



DOWNLOAD

1974 | SWEET EXORCIST

01. Ain't Got Time
02. Sweet Exorcist
03.To Be Invisible
04. Power To The People
05. Kung Fu
06. Suffer
07. Make Me Believe In You


DOWNLOAD

1974 | CLAUDINE (OST)
(Gladys Knight & The Pips)


01. Mr. Welfare Man
02. To Be Invisible
03. On And On
04. The Makings Of You
05. Claudine Theme (Instrumental)
06. Hold On
07. Make Yours A Happy Home

DOWNLOAD

1975 | LET'S DO IT AGAIN (OST)
(Staple Singers feat. Curtis Mayfield)


01. Let's Do It Again
02. Funky Love
03. A Whole Lot Of Love
04. New Orleans
05. I Want To Thank You
06. Big Mac
07. After Sex
08. The Chase

DOWNLOAD

1975 | THERE'S NO PLACE LIKE AMERICA TODAY

01. Billy Jack
02. When Seasons Change
03. So In Love
04. Jesus
05. Blue Monday People
06. Hard Times
07. Love To The People


DOWNLOAD

1976 | GIVE, GET, TAKE & HAVE

01. In Your Arms Again
02. This Love Is Sweet
03. P.S. I Love You
04. Party Night
05. Get A Little Bit/Give,Get,Take And Have
06. Soul Music
07. Only You Babe
08. Mr. Welfare Man

DOWNLOAD

1976 | SPARKLE (OST)
(Aretha Franklin | Composed & Produced by Curtis Mayfield)


01. Sparkle
02. Something He Can Feel
03. Hooked on Your Love
04. Look into Your Heart
05. I Get High
06. Jump
07. Loving You Baby
08. Rock With Me

DOWNLOAD

1977 | A PIECE OF THE ACTION (OST)
(Mavis Staples & Curtis Mayfield)


01. Chocolate City
02. Of Whom Shall I Be Afraid
03. Orientation
04. Piece of the Action
05. Good Lovin' Daddy
06. 'Til Blossoms Bloom
07. Koochie Koochie Koochie
08. Getting Deeper

DOWNLOAD

1977 | SHORT EYES (OST)

01. Do Do Wap Is Strong In Here
02. Back Against The Wall
03. Need Someone To Love
04. A Heavy Dude
05. Short Eyes/Freak,Freak,Free,Free,Free
06. Break It Down
07. Another Fool In Love
08. Father Confessor (Instrumental)

DOWNLOAD

1977 | NEVER YOU CAN'T SURVIVE

01. Show Me Love
02. Just Want To Be With You
03. When We're Alone
04. Never Say You Can't Survive
05. I'm Gonna Win Your Love
06. All Night Long
07. When You Used To Be Mine
08. Sparkle

DOWNLOAD

1978 | DO IT ALL NIGHT

01. Do It All Night
02. No Goodbye
03. Party, Party
04. Keeps Me Loving You
05. In Love, In Love, In Love
06. You Are, You Are



DOWNLOAD

1979 | HEARTBEAT

01. Tell Me, Tell Me (How Ya Like To Be Loved)
02. What Is My Woman For?
03. Between You Baby And Me
04. Victory
05. Over The Hump
06. You Better Stop
07. You're So Good To Me
08. Heartbeat

DOWNLOAD

1980 | THE RIGHT COMBINATION
(Linda Clifford & Curtis Mayfield)


01. Rock You To Your Socks
02. The Right Combination
03. I'm So Proud
04. Ain't No Love Lost
05. It's Lovin' Time (Your Baby's Sensation)
06. Love's Sweet Sensation
07. Between You Baby And Me

DOWNLOAD

1980 | SOMETHING TO BELIEVE

01. Love Me, Love Me Now
02. Never Let Me Go
03. Tripping Out
04. People Never Give Up
05. It's Alright
06. Something To Believe In
07. Never Stop Loving Me


DOWNLOAD

1982 | LOVE IS THE PLACE

01. She Don't Let Nobody (But Me)
02. Toot An' Toot An' Toot
03. Babydoll
04. Love Is the Place
05. Just Ease My Mind
06. You Mean Everything to Me
07. You Get All My Love
08. Come Free Your People

DOWNLOAD

1983 | HONESTY

01. Hey Baby (Give It All To Me)
02. Still Within Your Heart
03. Dirty Laundry
04. Nobody But You
05. If You Need Me
06. What You Gawn Do?
07. Summer Hot


DOWNLOAD

1985 | WE COME IN PEACE WITH A MESSAGE OF LOVE

01. We Come in Peace
02. Baby It's You
03. Bodyguard
04. Breakin' in the Streets
05. Everybody Needs a Friend
06. This Love is True
07. We Got to Have Peace


DOWNLOAD

1988 | LIVE IN EUROPE

01. Introduction
02. Ice 9
03. Back to the World
04. It's Alright/Amen
05. Gypsy Woman
06. Freddie's Dead
07. Pusherman
08. We've Gotta Have Peace
09. We've Only Just Begun (Paul Williams, Roger Nichols)
10. People Get Ready
11. Move On Up
12. (Don't Worry) If There's a Hell Below, We're All Going to Go
13. When Seasons Change

DOWNLOAD

1990 | TAKE IT TO THE STREETS

01. Homeless
02. Got To Be Real
03. Do Be Down
04. Who Was That Lady
05. On And On
06. He's A Fly Guy
07. Don't Push
08. I Mo Git U Sucka

DOWNLOAD

1997 | NEW WORLD ORDER

01. New World Order
02. Ms. Martha
03. Back To Living Again
04. No One Knows About A Good Thing (You Don't Have To Cry)
05. Just A Little Bit Of Love
06. We People Who Are Darker Than Blue
07. I Believe In You
08. Here But I'm Gone
09. It Was Love That We Needed
10. The Got Dang Song
11. The Girl I Find Stays On My Mind
12. Let's Not Forget
13. Oh So Beautiful

DOWNLOAD

1997 | THE VERY BEST OF CURTIS MAYFIELD

01. Move On Up
02. Get Down
03. Give It Up
04. Little Child Runnin' Wild
05. Pusherman
06. Freddie's Dead
07. Give Me Your Love
08. Eddie You Should Know Better
09. No Thin On Me
10. Superfly
11. People Get Ready
12. Right On For The Darkness
13. (Don't Worry) If There's A Hell Below We're All Gonna Go
14. You're So Good To Me

DOWNLOAD

1997 | I'M SO PROUD
A Jamaican Tribute to Curtis Mayfield


01. Derrick Morgan | It's All Right
02. Lloyd & Glen | Keep On Pushing
03. The Techniques | Queen Majesty
04. Dennis Alcapone | My Voice Is Insured For A Million Dollars (Queen Majesty Version)
05. The Jamaicans | Dedicate My Song To You
06. The Uniques | Gypsy Woman
07. The Progressions | Rocksteady Time (The Monkey Time)
08. Joe White | I'm So Proud
09. Pat Kelly | Little Boy Blue
10. Noel 'Bunny' Brown | Man's Temptation
11. The Silvertones | He Will Break Your Heart
12. The Uniques | My Woman's Love
13. The Gaylads | That What Love Will Do
14. Bob Marley & The Wailers | Long Long Winter
15. Pat Kelly | Soulful Love
16. Slim Smith | Closer Together
17. The Heptones | I've Been Trying
18. Bob Marley & The Wailers | I Gotta Keep On Moving
19. The Chosen Few | Queen Majesty
20. Marcia Griffiths | Gypsy Man

DOWNLOAD

2005 | MAYFIELD REMIXED
(The Curtis Mayfield Collection)


01. Curtis Mayfield | Superfly (Little Louie Vega EOL Mix)
02. Curtis Mayfield | Do Do Wap Is Strong In Here (Ashley Beedle Re-Edit)
03. Curtis Mayfield | Move On Up (Eric Kupper Vocal Mix)
04. The Impressions | We're A Winner (Grandmaster Flash Remix)
05. Curtis Mayfield | Little Child Runnin' Wild (King Britt Scuba Mix)
06. Curtis Mayfield | Freddie's Dead (Blaze Roots DJ Mix)
07. Curtis Mayfield | (Don't Worry) If There's A Hell We're All Going To Go (Maurice Joshua Nu Soul Mix)
08. Curtis Mayfield | We Gotta Have Peace (Eddie Baez Laid Back Mix)
09. The Impressions | People Get Ready (Stonebridge Club Mix)
10. Curtis Mayfield | Pusherman (Mixmastermike Pusher's Nephew Mix)

DOWNLOAD

2007 | KEEP ON KEEPIN' ON
(Live & Studio Rarities)


OLD GREY WHISTLE TEST (London England, January 1972)
01. Keep On Keepin' On
02. We Got To Have Peace *Omitted*
03. Curtis on Discovery (interview)

RADIO CITY MUSIC HALL (New York NY, July 6, 1972)
04. Stone Junkie
05. Pusherman

IN THE STUDIO (1972)
06. Freddie's Dead
07. Eddie, You Should Know Better
08. Curtis on Songwriting (interview)

THE PUSH EXPO (Chicago 1972)
09. We People Who Are Darker Than Blue
10. Give Me Your Love

THE MIDNIGHT SPECIAL (Los Angeles CA, 1972)
11. Superfly
12. Freddie's Dead
13. Curtis on Superfly (interview)

THE MIDNIGHT SPECIAL | (Los Angeles CA, June 8, 1973)
14. Superfly
15. Back To The World
16. Curtis on Politics (interview)

1ST ANNUAL BLACK CAUCUS BENEFIT (Washington DC, September 25, 1974)
17. Give Me Your Love
18. Curtis on Curtis (interview)

DOWNLOAD